Prestação de contas alerta para limite na folha de pagamento

A prefeitura de Maringá encerrou 2017 no azul. R$ 152,1 milhões de superávit. Mas há uma preocupação. A proximidade com o limite prudencial na folha de pagamento. Isso ocorre quando chega a 48% do orçamento. Em 2017 passou um pouco de 49%. Mas a prefeitura informa que está tomando providências, como estudos sobre as jornadas de trabalho e horas extras dos servidores.