fatos que já justificam a contratação de segurança armada para a Câmara

Os misteriosos disparos contra a Câmara de Maringá em julho de 2011 e contra o gabinete do então vereador Ulisses Maia em julho de 2016 e a covarde agressão contra o jornalista Angelo Rigon em outubro de 2017, já justificam a contratação de segurança armada para a Casa. Quem é contra só pode ser porque não conhece a rotina ali, que dependendo do dia ou assunto em pauta mais parece uma panela de pressão. Boca escura.