Pontes da dr. Alexandre Rasgulaeff liberadas para o tráfego

As duas pontes construídas na Avenida Dr. Alexandre Rasgulaeff, na altura do Jardim Santa Helena, na região norte de Maringá, está liberadas para o tráfego.
Nesta semana já foi liberada para o trânsito outra ponte semelhante na Rua Palmital – paralela à Avenida Rasgulaeff – que liga o fundo de vale da divisa do Jardim Santa Helena com o Parque Residencial Quebec por meio da junção com a Rua Pioneiro Arlindo Pedralli.
As três pontes foram construídas para elevar os pontos de transposição sobre o córrego Mandacaru em busca de uma solução definitiva para os frequentes alagamentos que ocorriam nas proximidades da baixada entre os jardins Imperial II e Paraíso.
A liberação das três pontes elimina também a necessidade de utilização do desvio do trânsito que vinha sendo utilizado provisoriamente por meio da Avenida Campolina, Rua Cristal e algumas vias do Jardim Real.
Em cada uma das pistas da Avenida Rasgulaeff a equipe da empresa contratada pela Secretaria Municipal de Obras Públicas (Semop) instalou sete vigas protendidas, com 19,23m de extensão.
Na ponte da Rua Palmital foram fixadas nove vigas com 22,18 metros de extensão.
As obras foram complementadas com a aplicação da capa asfáltica sobre o concreto das pistas de rolamento, implantação de novos dutos de drenagem com maior diâmetro e capacidade de vazão, além de muro de proteção lateral, calçadas e plantio de grama no canteiro central.
No total, as três pontes abrangem uma área de 776m², com custo final aproximado de R$ 2,5 milhões, com recursos financiados pelo Banco Interamericano de Desenvolvimento (BID) para investimento em programas de mobilidade urbana.