a acusação

A bronca que levou Richa para a cadeia tem a ver com o programa “Patrulha do Campo” cujo esquema foi delatado pelo ex-diretor-geral do DER, Nelson Leal Júnior. Segundo a Polícia Federal, “Piloto” seria o codinome de Beto Richa na lista de propina da Odebrecht.