cara nova

Depois daquele “dilúvio” que desabou sobre Maringá e que destruiu parte da fachada e do telhado da ANPR, a entidade já exibe cara nova. Inclusive, a pintura.