explicando

A amiga Doris Dos Santos que é do Conselho Local do Hospital Municipal conta o que ocorreu no sábado no Hospital Municipal: “Até as 12h todos que estava na fila fez sua ficha e todos seriam atendidos. Depois desse horário existia a possibilidade, mas sem garantia. Por que desde as 6h30 já tinha pessoas na fila. Não tinha nada quebrado. E da quantidade de médicos que estavam inscrito para atendimento dos cinco dois não vieram e como é trabalho voluntário não tem como prever. Mesmo assim não mediram esforços para atender a população e fizeram várias ligações na tentativa de localizar mais médicos para substituir os faltosos…”.