agonizando

O tempo está passando e eu vejo que a mobilização contra a perversa Reforma da Morte está na base do “agoniza mas não morre”.
Depois não adianta reclamar.