sexta-feira, 12 de abril

O meu cordial e sincero bom dia é para os cabeças duras. Gente que só teima e reclama: Viva o hoje, porque o ontem já se foi, e o amanhã talvez não venha.