marcha da maconha: minha opinião

Se for pela liberação da maconha para uso medicinal, já que seria benéfica para diversos males, como epilepsia, dor crônica, esclerose múltipla e ansiedade, nada contra a Marcha da Maconha, neste sábado em Maringá. Mas se o objetivo for para ‘ficar doidão’, esquece cara. Vai bater em outra freguesia.