ao pé da letra

Eu acho que fui bem franco e sincero a um maringaense que perguntou: “Será que um dia eu vou ver ver algum posto de combustível daqui sendo punido por causa do preço?”
Minha resposta: “Senta…” .