pauta

Mário Hossokawa compenetrado porque é dia sessão na Câmara de Maringá e já viu né, atenção nunca é demais. Serão votados 6 projetos de lei e 16 requerimentos de informação.

Um deles é o Projeto do vereador Altamir Antônio dos Santos, que torna obrigatória lista atualizada dos medicamentos gratuitos fornecidos pelo município em farmácias e drogarias cadastradas na Farmácia Popular.

Conforme o projeto, os estabelecimentos deverão afixar cartaz, em local visível ao público, informando sobre a existência da lista de medicamentos fornecidos de forma gratuita para consulta, sob pena de multa, nos termos do Código de Defesa do Consumidor, para quem descumprir a lei.

Também será votado o Projeto do Jean Marques, que cria o Banco de Oferta e Demanda de Serviços Voluntários no Município de Maringá.

Para a operacionalização do Banco de Oferta e Demanda de Serviços Voluntários será instituído um cadastro único de prestadores de serviços voluntários e de instituições interessadas em receber o serviço voluntário.

Neste cadastro, segundo o projeto, deverá constar, além da atividade profissional, a área de interesse da atuação, os dados pessoais dos voluntários, os serviços que se dispõem a prestar, bem como o número de horas que podem disponibilizar à realização da respectiva atividade voluntária.

Dentre os requerimentos de informação consta um do William Gentil que solicita ao prefeito municipal que informe à Casa de Leis se há previsão para o recapeamento asfáltico das vias públicas dos Jardins Aeroporto e Bertioga, e, em caso positivo, decline a data prevista para essa finalidade.

Outro é do Belino Bravin que pergunta ao prefeito se há possibilidade de determinar, com a maior brevidade possível, a realização de reforma da ponte localizada entre o Núcleo Habitacional Santa Felicidade e o Jardim Universo.

A ponte se encontra danificada oferecendo riscos à segurança dos usuários.