pauta

Mário Hossokawa (na foto com o prefeito Ulisses Maia e o vice Edson Scabora) informa que na sessão desta terça, os vereadores votarão 9 projetos de lei e 22 requerimentos de informação.

Um dos projetos é de autoria dos vereadores Mário Verri, Altamir Antônio dos Santos e Dr. Jamal, que obriga a aplicação do teste de glicemia capilar em crianças de 0 a 11 anos, 11 meses e 29 dias de idade em prontos socorros e unidades de saúdo do município de Maringá.

É importante frisar que detectar a hipoglicemia em recém-nascidos de risco pode ser fundamental, uma vez que o normal funcionamento do cérebro depende do nível de açúcar no sangue, sendo esta a sua principal fonte de energia. Segundo a literatura médica, baixos níveis de açúcar no sangue dificultam a função cerebral, o que pode causar lesões cerebrais.

Também na área da Saúde, há um Projeto do Executivo pedindo autorização de crédito adicional para a Secretaria Municipal da Saúde. O Projeto autoriza no orçamento de 2019 um crédito adicional suplementar no valor de R$ 280.091,00 a ser utilizado pelo Fundo Municipal de Saúde para pagamento de prestadores de serviços hospitalares e despesas de exercícios anteriores.

O vereador Professor Niero pretende instituir a Semana Municipal de Conscientização da Doença de Parkinson em Maringá. Para isso, o Projeto de Lei n. 15.125/2019 chega à votação em primeira discussão.

Já o vereador Alex Chaves propõe declarar de utilidade pública o Instituto AOCP, que é uma associação civil sem fins econômicos, de caráter organizacional, filantrópico, assistencial, promocional, recreativo e educacional, sem cunho político ou partidário. O instituto busca desenvolver projetos na área da Educação, dispondo à população em geral atividades complementares às desenvolvidas pelo Estado, como programas de treinamento e desenvolvimento, cursos profissionalizantes, entre outros.

O homenageado de hoje é o ciclista Célio Rafael de Brito Silva, que receberá o Brasão e o título do Mérito Comunitário.

Lembrando que a sessão começa às 9h30.