LEMBRANÇAS DE ÁLVARO FERNANDES

ceudsc02404blog.jpg
Ele foi um dos maiores corintianos que eu tive o prazer de conhecer e também de trabalhar a seu lado, no inconfundível e memorável programa “Cidade Aberta”, na extinta Rádio Metropolitana de Maringá.
Se estivesse vivo hoje, Álvaro Fernandes estaria com exatos, 90 anos.
Ele sempre me dizia:
“Fio, eu torço somente para 2 times, o Corinthians e o Palmeiras. O Corinthians para ganhar e o Palmeiras para perder”.
“Seo Álvaro”, como todos o chamavam, foi uma das personalidades mais influentes dos bastidores da política maringaense.
Polêmico, combativo e de posições sempre muito bem definidas e claras, Álvaro Fernandes ocupou postos de relevância na cidade de Maringá.
Foi suplente de vereador, trabalhou ao lado de Dr. Herman Moraes de Barros, na companhia Melhoramentos Norte do Paraná, foi secretário da Prefeitura de Maringá e Presidente do Diretório Municipal do PMDB, dentre outros.
Como pioneiro maringaense, foi o responsável pela criação e fundação de muitas obras importantes para a cidade, como a liderança da campanha de arrecadação de recursos, para a construção do Hospital e Maternidade Santa Casa e a fundação do Aéro Clube de Maringá e tantas outras.
“Seo Álvaro” sempre se orgulhava em dizer, de seu relacionamento familiar e profissional, com personalidades históricas de Maringá, como Hermann Moraes de Barros, Sílvio Magalhães Barros e Silvino Fernandes Dias, entre outros.
Hoje, 12 de outubro, dia de seu falecimento, rendemo-lhe todas as nossas homenagens, com muitas saudades.

COMENTÁRIO
Falta ao meu “velho e sábio companheiro” Álvaro Fernandes, o reconhecimento público de Maringá, ao amor que ele teve pela cidade.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *